Father and Daughter

Loading...

domingo, 8 de agosto de 2010

Tenho refletido sobre a existência desse blog...



6 comentários:

tonholiveira disse...



Cara Edith JaNETe

Blogs tem sentido se queremos arquivarmos alguma coisa e mostrar pra alguém.
É uma espécie de diário aberto.
Precisamos de tempo e divulgá-lo.
Como divulga-se?
Visitando outros Blogs, seguindo estes e comentando lá nestes, daí atrairemos seguidores que nos visitarão e comentarão ou não.
Infelizmente é assim que funciona,
se faça presente e serás visto.

Daí que vem o fator tempo.
Para a maioria dos profissionais
fica um tanto difícil, mas não impossível.

Alguns "desocupados" (ou vagabundos?) ou com mais tempo,
como eu fazemos assim.

Não sei se te ajudo com isto.
Não desista.
Até mais!

Beijos!

Edith Janete disse...

Olá Tonho!
Bom te ver aqui.
Na verdade gosto dos comentários, mas não é por eles que estou repensando...
Quando criei o blog, foi para facilitar o meu processo catártico frente ao convívio diário com a morte. Aos poucos ficaram por aqui alguns amigos que perdi,outras pessoas que considero merecedoras de homenagens póstumas e me sinto sem entusiasmo, neste momento, em contar historias que em sua maioria são tristes, apesar de mostrarem também muitas vezes garra e coragem. É isso, prometo te visitar mais vezes... aliás, é o FRIIIIoooo que me faz congelar...hehe

Augusto Bier disse...

Acho este teu blog uma das coisas mais bem sacadas da web sobre a condição humana. Creio que há uma legião de "ghost readers" que depende desse espaço pra refletir melhor sobre a finitude e o melhor aproveitamento da vida. Se eu fosse este blog, morreria de medo de morrer...

Edith Janete disse...

Pois é Bierliebe, vou deixar ele aqui, quietinho, por enquanto... Vai que me dá uma luz e eu mude a cara dele ?
beijoo

Márcia disse...

Janete, olá!
Soube deste teu espaço pela Alessandra, jovem colega do Teatro, com alguns interesses em comum. Teus compartilhares são preciosos dentro de um tema tão impregnado na gente quanto... a vida. Se ainda não perdemos, perderemos. Aqui estamos e no tempo devido já não mais.
Siga com estas filigranas de luz. Meditar nas certezas da Vida, nos faz seres mais sensíveis. Obrigada! Um abraço.

Edith Janete disse...

Oi Márcia,
bom ver pessoas sensíveis por aqui!
Já dei uma lida no teu blog, muito bom!!!
Abraço,