Father and Daughter

Loading...

sexta-feira, 13 de maio de 2011

A ameixa encantada



A noite passada foi linda...
Uma paciente, 42 anos, câncer em estágio terminal, fez um pedido para uma técnica de enfermagem: uma ameixa. Seus olhos brilhavam quando sussurrou : - Ameixa. Amarela, vermelha, tanto faz...
21:40, o supermercado mais próximo fechava as 22 hs.
Chamamos o segurança, ele estava sozinho, não podia deixar o seu posto. Nós também não.
A enfermeira teve uma idéia: uma familiar da paciente de outro quarto!!
Sim, foi a irmã da Dona Gema que sabendo do que se tratava se ofereceu prontamente, mas só com uma condição: não iria sozinha... não era da cidade, tinha medo...
O tempo estava passando...
Corremos para achar outra acompanhante de outra paciente!! Achamos!! A mobilização pela ameixa era a coisa mais linda que tinha visto nos últimos tempos...
Pronto! A familiar da paciente de outro quarto falou:  -Já estou indo!!! Só me dêem um minuto para calçar as botas!!
21:50.
Lá se foram as duas.
22:05. As ameixas mais esperadas da  noite chegaram a seu destino.
Vi uma menina de 42 anos comendo vorazmente a ameixa. Parecia lembrar algum momento bonito, de algum tempo que já se fora de sua vida, encontrado naquele prazeroso minuto que proporcionamos a ela.
Lindo, lindo,lindo.
Trabalhar com a morte também é encontrar o amor.