Father and Daughter

Loading...

domingo, 21 de março de 2010
















3 comentários:

Augusto Bier disse...

No campo da morte
a metáfora de uma flor
feita de pano:
uma genitália
se despetala

Não adianta morrer
é da vida a mehor sorte

Edith Janete disse...

Siiiiiim!
É da vida!!!!

Tu que me conheces bem, sabes que o que mais amo é viver!
Bom poder fotografar tudo isso a teu lado!
Beijinho

Alisson Affonso disse...

*Nossa que ótima escolha...Fernando Pessoa...relacionei o poema com meu estado perante a espera de coisas que luto... *tá lá guardadinho!