Father and Daughter

Loading...

sábado, 2 de janeiro de 2010


7 comentários:

Augusto Bier disse...

Neosaldina! Uma Neosaldina, pelamordedeus!

Renata de Aragão Lopes disse...

Muito bacana este espaço!
De fato,
aprende-se muito com a dor...

Um beijo
e muita inspiração sempre
para tratar de um tema
tão delicado!

Doce de lira

Edith Janete disse...

Olá Renata, bom te ver aqui!
Aprender sem se ressentir ou desanimar é o mais difícil, estou pensando em intercalar pitadas de humor neste espaço de morte de muitas histórias tristes... aguarde! O Bier daí de cima já está participando...hehe

Edith Janete disse...

Birrrrrr,lá na Santa casa, e tu lembras, tá cheio de arte com dor de cabeça...tava pensando em fazer um mural com todas...hehe

JonasRS disse...

Legal suas fotos do cemitério da santa casa. Também gosto de arte cemiterial e até tenho um blog só sobre isso^^

Edith Janete disse...

Oi Jonas, foi através do "Cemitérios da Província" que tive vontade de fotografar do meu jeito a arte sepulcral báaaaarbara da Santa casa, vi no teu blog que tu também te interessastes no livro.
Bom te ver por aqui, que tal trocarmos figurinhas a respeito desse tema? Quando visito qualquer cidade vou direto aos cemitérios visitar e fotografar... Já arrecadei de vários lixões de cemitério "ponteiras de túmulo", cruzes pequenas, alças de caixão... parece mórbido, mas não é nada disso: é preservar parte da história da arte!!

JonasRS disse...

Claro que podemos trocar figurinhas! Até falando nisso, meu fotolog (CEMIRGS) serve para juntar fotos de cemitérios de várias cidades do RS. Ja tiver alguma doação pode mandar.

Muito legal esse teu blog, continue assim!

Abração!